Resenha: Você acredita?!

7 de novembro de 2015
  Oi oi oi!! Como você tem passado? Que a graça do Senhor seja abundante em tua vida!
Hoje eu vim fazer a minha primeira resenha de filme aqui no blog! Uhuuu espero que fique bom! A resenha é sobre o maravilhoso lançamento da Pure Flix Entertainment, sob comando do diretor Jonathan M. Gunn chamado: Você acredita? (Do you believe?).
  Sinceramente eu tenho que dizer que esse filme foi a melhor produção cristã que eu já vi. O roteiro do filme é improvável, imprevisível, bem planejado e ainda melhor: Têm uma mensagem perfeita e verdadeira.


      Sinopse: Um pastor encontra por acaso um mendigo que prega a palavra de Deus pelas ruas e decide colocar a sua fé em ação, ajudando diversas pessoas. Logo a vida de uma dezena de indivíduos se cruza, fazendo com que todos descubram o poder da cruz de Cristo.
  
O filme conta a história de 12 pessoas diferentes que em pouco tempo passam por muitas situações que interligam suas vidas. Juntas elas são confrontadas diante da cruz com a mesma pergunta: Você acredita?
  O que mais me fez gostar desse filme é que ele não prega uma fé que se você aceitar a Cristo tudo vai começar a dar certo. Ele prega uma mensagem do verdadeiro evangelho de perder, renunciar, espalhar a palavra de Deus a qualquer custo, amar os nossos inimigos, arriscar nossas vidas para salvar outras e também prova que o Deus que servimos está sempre lá por nós. Nos mostra que muitas vezes dizemos que acreditamos na cruz de Cristo, mas que ignoramos ou desconhecemos o seu verdadeiro valor e significado.

  "Eu perguntei se você acredita na cruz de Cristo. Veja, a cruz é manchada de sangue, dolorosa. Ela ama, perdoa e exige. Mas o que ela exige? Que a professemos nesse mundo sombrio. Se você acredita, então a pergunta é: O que você fará a respeito?" Diz o Morador de rua do início do filme

  Sinceramente, esse filme mudou muito a forma em que eu via as coisas de Deus. Me ajudou a entender que se nós acreditamos no poder da cruz devemos demonstrar isso em passos práticos. Me mostrou o quanto Jesus se importa conosco, o quanto ele nos ama, o quanto ele nos perdoa e o quanto ele quer nos ver sendo salvos e libertos. Eu gosto de uma frase da Robin Jones Gunn onde ela diz que "Deus é um amante incansável". Ele simplesmente escolheu nos amar, e amar de tal forma que preferiu morrer por nós do que viver sem nós.
  Existe muita gente perdida, confusa e cativa nesse mundo. Essas pessoas precisam se encontrar com a cruz. Se nós de fato acreditamos no seu poder restaurador e redentor, devemos fazer ela conhecida em todo o mundo para que as pessoas possam de fato crer em Jesus. Então, você de fato acredita? Se sim, o que você fará a respeito?
                                                                    We believe by Newsboys
                                                                   Trilha Sonora do filme
  Quero dizer que vale muito a pena assistir a essa maravilhosa e surpreendente produção. Se você já assistiu pode deixar comentários aqui em baixo dizendo o que achou...eu ia amar poder ler. Quero terminar o post com a palavra final do filme. Deus abençoe vocês! Um ótimo fim de semana!

   "Não tenho certeza se algum de nós consegue ver todo o quadro que Deus visualizou, por assim dizer. É como se fôssemos crianças, sentadas no chão, olhando para o verso de uma tapeçaria que está sendo criada. Aos nossos olho às vezes parece esquisito. As cores são uma confusão e nada disso faz muito sentido. Mas um dia, vamos deixar de estar no chão, vamos chegar ao outro lado, e a genialidade da obra de Deus se tornará clara. No centro de tudo veremos a cruz. Mas, nessa imensa tapeçaria, também veremos o único e singular filamento, único do seu tipo e cor, que a nossa própria vida acrescentou a peça. Um só filamento, que sem ele todas as coisas seriam, de alguma forma incompletas. Particularmente, não vejo a hora de ver a sua obra-prima." 
Para assistir o trailer legendado clique aqui!!

2 comentários:

  1. O filme é incrível. Já vi tantas vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é realmente muito bom, Luciana!
      Bjoo e obrigada pela visita!

      Excluir